Páginas

1 de setembro de 2010


Mas hoje, e só hoje, o que eu queria era muito mais simples do que toda essa dúvida eterna que eu carrego como fardo, mesmo às vezes largando em algum cantinho que eu sempre volto depois pra buscar. Hoje, e só hoje, eu queria olhar pra você e enxergar de novo aquele cara por quem eu fui capaz, mesmo que brevemente, de apagar todos os meus pontos de interrogação. Aquele cara que era, no meio de tantas dúvidas, a única certeza; o cara que fazia de mim uma mulher melhor.

Um comentário:

MikaelMoraes disse...

poxa, é o msm sentimento que temos com a partida da nossa amada vovô, mãe e pai Elsa.

vai no nosso blog e entenda
http://mikaelmoraes.blogspot.com