Páginas

24 de março de 2011


É assim, todo mundo tem que ceder de alguma maneira: o trabalho pelo reconhecimento, a educação pela gentileza, a sinceridade pelo amor, a confiança pela amizade. Nem os grandes saltadores deram pulos tão grandes, não temos o dom ou capacidade de chegar em algum lugar sem conhecer o caminho. Por isso agradeço pelos pequenos momentos de inspiração no meio do caos e da loucura, por ter aprendido a chegar até o fim de um poema sem desfalecer. Não sou tão grande quanto eu supunha, às vezes uma palavra me desmorona por dias.

Um comentário:

Hely ° disse...

"...às vezes uma palavra me desmorona por dias."
Por vezes isto me acontece...não consigo parar de
pensar...em palavras ditas por alguém ou coisas
que eu não deveria ter dito, ações...
ODEIO ser assim!