Páginas

12 de março de 2011


E não sou eu que vou levantar a bandeira contra o amor.


Justo eu que só sei falar disso, que vivo pra isso e disso, justo eu que atravessei o mundo mais do que uma vez, que aceitei não viver a minha vida do jeito que eu achava ser o melhor pra mim, justo eu que personifico aquilo que projeto simplesmente pra acariciar meu desejo de ser o amor, em pessoa.

4 comentários:

Natasha Piervy disse...

Olá nós do blog Madness agradecemos sua visita, já estamos te seguindo.

Aceita parceria por banner?Se quiser a parceria entre em contato com a gente pelo blog mesmo ou pelo email: blogmadness@yahoo.com.br

Ah o amor, quem somos sem ele não é mesmo? Mas ele é tão complicado.

MADNESS - O BLOG DA LOUCURA!

TWITTER DO BLOG MADNESS

Simone Oliveira' disse...

Oi Carol, fiquei super feliz com o seu comentário porque conheço o seu blog já há um tempo e adoro demais. Foi um dos primeiros blogs que segui assim que fiz o meu. Aceito a parceria sim. Vai ser um prazer. Já to pegando o seu banner aqui!

Simone Oliveira' disse...

Ah, o texto é lindo. É seu?
Ficar contra o amornunca dá certo. na batalha entre o coração e a razão ele sempre nos vence, nem sei porque mesmo a gente se deixa levar, né ... Deve ser porque amar é a melhor coisa do mundo!!!

Beijos

Sam. disse...

Oi Carol!

Charmosíssimo seu blog!!
Passei e já tô ficando por aqui!!

Beijoooo!!