Páginas

21 de março de 2011


Eu não precisava de cuidados 24 horas por dia, eu não precisava de alguém para me salvar, eu não colocava nele toda a minha felicidade, eu não queria mandar nele, eu não queria que ele deixasse de ver a Lua ou curtir o Sol, eu só queria que ele tivesse me amado metade do que ele disse que amava. Ou metade do que eu amava.

Um comentário:

Thamires Viel disse...

Tati Bernardi faz tanto sentido pra mim, e percebi que pra você tbm, ela é a mais citada no blog.
É bom quando nossos sentimentos são traduzidos por boca alhei, demonstra que não somos só nós que sentimos aquilo e tira um pouco da solidão. Um beijo querida.