Páginas

25 de março de 2011


A gente carece de fingir às vezes que raiva tem, mas raiva mesma nunca se deve de tolerar ter. Porque, quando se curte raiva de alguém, é a mesma coisa que se autorizar que essa própria pessoa passe durante o tempo governando a idéia e o sentir da gente; o que isso era falta de soberania, e farta bobice, e fato é.

6 comentários:

Hely ° disse...

iiih Carol...quando to com raiva eu não esqueço
fico remuendo por dias...não gosto disso, mas
minha mente é TEIMOSAAHH!!!!

Erika Santos ♥ disse...

ahh amei seu blog anjo...
estou seguindo..
espero sua visita no meu cantinho..
tenho as fórmulas do coração. haha

bejin flor..♥

Laís Pâmela disse...

amei seu blog, estou seguindo, lindo.
Beijos.

Camila Paier disse...

Há vezes em que só encontramos dentro de nós raiva para sentir. Tipo quando os dois santinhos não batem, e decidem não brincar juntos. Simplesmente, acontece.
Beijoca, flor!

Verô. disse...

aham, fato.

Danielly Tiepo disse...

é dificil, mas controlar a raiva as vezes é complicado, mas é o melhor a fazer :)