Páginas

23 de março de 2011

  
Hoje não somos os mesmos, mas somos mais juntos. Sabemos mais uns dos outros, e por esse motivo, dizer adeus se torna difícil. Digamos então, que nada se perderá, pelo menos dentro da gente. 


Um comentário:

Velejando em Alto Estilo disse...

Verdade, o que se consquista não faz sentido perder..., só mesmo, excepcionalmente.

Sensível!!

Beijos,