Páginas

8 de maio de 2011


Enquanto eu o desembrulho, percebo, em geral um tanto surpresa, que não preciso necessariamente que algo mude para eu ser feliz porque eu já sou. Apesares, pesares, incluídos.

É claro que os acréscimos são muito bem-vindos.

2 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Verdade, tudo que faz bem é bem vindo, beijos.

Alê disse...

Sempre são muito bem-vindos