Páginas

28 de julho de 2011


E substituímos expressões fatais como “não resistirei” por outras mais mansas, como “sei que vai passar.

Um comentário:

Alene Mattos disse...

e aja paciência para essa transição!

perfect!