Páginas

25 de outubro de 2010


Diariamente podemos dar o presente da vida. Pode ser doloroso, pode ser assustador. Mais, no fim, vale à pena.


Nenhum comentário: