Páginas

11 de outubro de 2010



"Eu te amo disse ela com ódio ao homem, cujo crime impunível que cometera era o de não querê-la".

Um comentário:

Jú.Reis disse...

ADOREI, esse teu post. Haha.
Lindo blog.
Bj.Bj.