Páginas

20 de março de 2011


Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser. Não me limito, não sou cruel comigo! Serei sempre apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer. 

2 comentários:

Yohana SanFer disse...

Lindo teu blog..Clarice sempre encanta! :)

Dona Cor disse...

Clarice *.*
seguindo por aqui =)