Páginas

2 de setembro de 2011


“Um telefone ao alcance da mão,
Um número decorado na cabeça
E uma aflição no coração.
É aí que mora o perigo…”


Curta o Blog no FaceBook : Curtir

2 comentários:

Maguinha Oliveira disse...

por isso devemos apagar qlq vestígio, a não ser que não se queira esquecer. ^^

Alene Mattos disse...

hasuhasuhasu...
verdade!
alta periculosidade!! rsrsrs...
ainda bem q minha memória já fez o favor de eskecer uns números aí! rsrsrs