Páginas

27 de outubro de 2011



Você não precisa ter que responder ao mundo quais são suas qualidades, sua cor preferida, seu prato favorito, que bicho seria. Que mania de se autoconhecer. Chega de se autoconhecer, você é o que é, um imperfeito bem-intencionado e que muda de opinião sem a menor culpa.
Ser feliz por nada talvez seja isso.


Curta o Blog no Facebook : Curtir

Um comentário:

Samantha disse...

"Feliz por nada"!!! Adorei seu Blog Caroline!